Final do carioca será teste de segurança para a Copa

Decisão de hoje entre Flamengo e Vasco, no Maracanã, vai servir de evento preparatório para a Copa do Mundo nas avaliações de medidas de segurança; Secretaria Extraordinária de Segurança para Grandes Eventos do Ministério da Justiça (Sesge/MJ) utilizará o Centro Integrado de Comando e Controle(na foto) para monitorar deslocamento de delegações, torcedores e autoridades; participam ainda da operação Força Nacional, Infraero, Receita Federal e Polícia Civil

31/05/2013 - Inauguração do Centro Integrado de Comando e Controle. Videowall. Foto Marcelo Horn
31/05/2013 - Inauguração do Centro Integrado de Comando e Controle. Videowall. Foto Marcelo Horn (Foto: José Barbacena)

Portal da Copa - Palco da final da Copa do Mundo, o Maracanã viverá neste domingo (13.04), durante a final do Campeonato Carioca, um exercício preparatório em itens de segurança que serão adotados durante a Copa do Mundo. Sob coordenação da Secretaria Extraordinária de Segurança para Grandes Eventos do Ministério da Justiça (Sesge/MJ), questões como segurança e deslocamento de torcedores, delegações e autoridades serão tratadas de forma similar à que será adotada durante o Mundial.

A proposta da Sesge ao realizar os exercícios é avaliar e orientar as ações implementadas a fim de aprimorar a atuação das forças de segurança para a Copa. Tudo será monitorado a partir do Centro Integrado de Comando e Controle, com a participação de órgãos de segurança e defesa, como Polícia Federal, Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal, Bombeiros, Ministério da Defesa e Guarda Municipal.

Durante a operação, as forças de segurança pública utilizarão os equipamentos adquiridos pela Sesge para a Copa, como a Plataforma de Observação Elevada e o Centro Integrado de Comando e Controle Móvel, que são caminhões adaptados e equipados com sistemas de comunicações, videomonitoramento e plataforma integrada de inteligência. Essa tecnologia já está em uso permanente nos estados e faz parte do legado dos Grandes Eventos.

Participam ainda da operação Força Nacional, Infraero, Receita Federal, Polícia Civil, Cedae, Governo do Estado, Ministério Público, Tribunal de Justiça, além das concessionárias CEG, Metro, Light e Ampla, Lamsa, Supervia e Ponte.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247