Flamengo é campeão com gol ilegal e revolta vascaínos

O Flamengo conquistou na tarde deste domingo, em um Maracanã que recebeu um bom público, seu 33º título Estadual, ao obter um empate dramático em 1 a 1, aos 45 minutos da etapa final com o rival Vasco da Gama; o Rubro-negro jogava pelo empate para ficar com o título estadual, por ter feito a melhor campanha da primeira fase do Campeonato Carioca

O Flamengo conquistou na tarde deste domingo, em um Maracanã que recebeu um bom público, seu 33º título Estadual, ao obter um empate dramático em 1 a 1, aos 45 minutos da etapa final com o rival Vasco da Gama; o Rubro-negro jogava pelo empate para ficar com o título estadual, por ter feito a melhor campanha da primeira fase do Campeonato Carioca
O Flamengo conquistou na tarde deste domingo, em um Maracanã que recebeu um bom público, seu 33º título Estadual, ao obter um empate dramático em 1 a 1, aos 45 minutos da etapa final com o rival Vasco da Gama; o Rubro-negro jogava pelo empate para ficar com o título estadual, por ter feito a melhor campanha da primeira fase do Campeonato Carioca (Foto: Felipe L. Goncalves)

Por Marcelo de Oliveira, do FutNet

O Flamengo conquistou na tarde deste domingo, em um Maracanã que recebeu um bom público, seu 33º título Estadual, ao obter um empate dramático em 1 a 1, aos 45 minutos da etapa final com o rival Vasco da Gama. O Rubro-negro jogava pelo empate para ficar com o título estadual, por ter feito a melhor campanha da primeira fase do Campeonato Carioca.

Os gols da partida saíram apenas no segundo tempo, com Douglas convertendo pênalti para o Vasco, aos 30 minutos, e Márcio Araújo fez o do Flamengo completando para o gol aos 45 minutos.

O JOGO:

A partida começou bem equilibrada e o primeiro lance de perigo foi do Vasco da Gama aos 11 minutos, quando Douglas cobrou falta cruzada na área, e o lateral André Rocha que estava livre desviou mal de cabeça, a bola passou perto da trave de Felipe.

O Rubro-negro respondeu cinco minutos mais tarde. O centroavante Alecsandro recebeu a bola de Paulinho, avançou um pouco e sem muita opção arriscou a finalização que passou por cima do travessão.

Aos 28 minutos, o goleiro Felipe saiu jogando com Márcio Araújo, que avançou e de um pouco antes do meio-campo acertou um bom lançamento para Paulinho, que recebeu a bola e arriscou o chute de longe sem muito perigo. Alecsandro estava em boas condições ao lado, mas não foi visto pelo companheiro.

Quatro minutos depois, André Santos tocou para Paulinho, que próximo da entrada da área finalizou ao gol e Martín Silva deu rebote, mas o assistente marcou o impedimento do ataque flamenguista. No seguimento da partida, o jovem Thalles recebeu arriscou a finalização forte de fora da área, e a bola passou por cima do travessão.

Nos acréscimos do primeiro tempo, o Vasco chegou bem no campo ofensivo com o meio-campo Pedro Ken, que finalizou bem de fora da área e Felipe fez boa defesa e com a mão direita enviou a bola para fora.

Na segunda etapa, o ‘Gigante da Colina’ começou bem e aos sete minutos quase abriu o placar. O meia Douglas recebeu da direita e finalizou forte em cima de Leonardo Moura, a bola sobrou para Fellipe Bastos que também chuta desta vez em Chicão, então a bola sobrou para Diego Renan que chutou e Felipe caiu para fazer a defesa.

Apenas quatro minutos depois, o Rubro-negro respondeu após o jovem zagueiro Luan sair jogando errado, e Alecsandro recebeu e com um toque de letra rolou para André Santos que estava passando por trás, e ele pegou mal na bola e finalizou para fora.

Aos 14 minutos, as duas equipes ficaram com um jogador a menos. André Rocha e Chicão se estranharam dentro da área e o árbitro não quis saber de conversas e expulsou os dois atletas, decisão um tanto contestada pela rigorosidade.

Pouco tempo depois o Vasco chegou perto de abrir o placar, após a boa jogada individual de Diego Renan, que passou bonito por Leonardo Moura cortou para o meio e bateu de pé direito, a bola passou próximo da trave de Felipe.

Aos 28 minutos, Thalles achou e deu uma boa bola para Pedro Ken, que avançou e foi derrubado por uma entrada de carrinho de Erazo dentro da área, e o árbitro marcou a penalidade. Dois minutos depois, Douglas se preparou e converteu o pênalti, deslocando o goleiro Felipe, para delírio da torcida vascaína no Maracanã.

Após o gol vascaíno, o jogo caiu bastante de rendimento e apenas aos 45 minutos, após cobrança de escanteio, o zagueiro Wallace subiu bem de cabeça e enviou à bola no travessão, ela quicou sobre a linha do gol e Márcio Araújo e Nixon apareceram para marcar, mas foi o volante que empurrou a bola para o fundo da rede, para explosão da torcida Rubro-negra no Maracanã. No entanto, o volante flamenguista estava em posição ilegal no momento em que Wallace cabeceou no travessão.

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO 1x1 VASCO DA GAMA


Competição: Campeonato Carioca, final
Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Data e Horário: 13/4/2014, domingo, 16h (horário de Brasília)
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ); auxiliado por: Rodrigo Figueiredo e Luiz Antonio Muniz (RJ)
Cartões amarelos: Luiz Antônio, Everton, André Santos, Erazo e Alecsandro (FLA); Diego Renan, Luan, Rodrigo, Guiñazu (VAS)
Cartões vermelhos: Chicão (FLA); André Rocha (VAS)
GOLS: Douglas, aos 29'/2°T (VAS) e Márcio Araújo, aos 45'/2°T (FLA)

VASCO: Martin Silva; André Rocha, Luan, Rodrigo e Diego Renan; Guiñazu, Pedro Ken, Fellipe Bastos (Bernardo) e Douglas e William Barbio (Reginaldo); Thalles (Aranda). Técnico: Adilson Batista.

FLAMENGO: Felipe; Léo Moura, Wallace, Chicão e André Santos (Nixon); Amaral (Gabriel), Márcio Araújo, Luiz Antonio e Everton (Erazo); Paulinho e Alecsandro. Técnico: Jayme de Almeida.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247