Flávio Bolsonaro dá ultimato: quem quiser ficar com Witzel deve se desfiliar do PSL

O senador Flávio Bolsonaro, que é presidente do PSL no Rio de Janeiro, deu um ultimato aos filiados da legenda para desembarcarem do governo de Wilson Witzel (PSC). "Aqueles que quiserem permanecer [no governo] devem pedir desfiliação partidária", disse ele em nota

Plenário do Senado Federal durante sessão deliberativa ordinária. Ordem do dia.\r\rEm discurso, à tribuna, senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ).\r\rFoto: Moreira Mariz/Agência Senado
Plenário do Senado Federal durante sessão deliberativa ordinária. Ordem do dia.\r\rEm discurso, à tribuna, senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ).\r\rFoto: Moreira Mariz/Agência Senado (Foto: Moreira Mariz)

247 - Em nota, o senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), presidente da sigla em seu estado, deixou claro que o clã rompeu relações com o governo de Wilson Witzel (PSC). Ao estilo Bolsonaro, Flávio deu um ultimato que "aqueles que quiserem permanecer [no governo] devem pedir desfiliação partidária".

"Nossa oposição não será ao Estado do Rio, mas ao projeto político escolhido pelo governador Wilson Witzel", diz o texto encaminhado pela assessoria do senador.

Ele não escondeu os motivos do rompimento. "Lamentável ainda ver na imprensa críticas e declarações infelizes sobre o presidente Jair Bolsonaro", disse Flávio, em uma clara referência às críticas de Witzel.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247