Fredy, investigado por lavar dinheiro para o PCC, apaga foto com Bolsonaro após repercussão

Fredy e Bolsonaro se encontraram durante jogo beneficente na Vila Belmiro e tiraram foto abraçados

Jair Bolsonaro e Fredy da Silva Gonçalves Bento
Jair Bolsonaro e Fredy da Silva Gonçalves Bento (Foto: Reprodução/Instagram)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Investigado pela Polícia Civil por lavar dinheiro para André do Rap, um dos principais membros do PCC, Fredy da Silva Gonçalves Bento apagou do Instagram uma foto ao lado de Jair Bolsonaro após a enorme repercussão do caso nesta segunda-feira (4).

Em jogo beneficente na Vila Belmiro, Fredy e Bolsonaro se abraçaram para tirar foto, o que pegou muito mal para o chefe do Executivo e apenas trouxe mais visibilidade a Fredy.

Em nota, o Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República (GSI/PR) informou que o evento não foi organizado pela Presidência e que o gabinete não se responsabiliza pela agenda de Bolsonaro e nem tem poder de polícia.

A Polícia Civil investiga Fredy desde junho de 2019.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email