Freixo diz que política de Witzel mata crianças e também policiais

"O responsável por essa tragédia é quem acredita que política de segurança pública é dar tiro, como faz Witzel, numa guerra insana que só alimenta mais violência contra os moradores das favelas e contra os próprios policiais. O governador faz dessas mortes o seu palanque político", postou o deputado Marcelo Freixo (PSOL-RJ)

(Foto: Valter Campanato/Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O deputado federal Marcelo Freixo (PSOL-RJ) voltou a cobrar e a criticar a política de segurança do governador Wilson Witzon, no Rio de Janeiro, e lembrou as mortes da menina Agatha Félix, de 8 anos, e a de policiais militares em operações.

"O responsável por essa tragédia é quem acredita que política de segurança pública é dar tiro, como faz Witzel, numa guerra insana que só alimenta mais violência contra os moradores das favelas e contra os próprios policiais", publicou, dizendo ainda que Witzel "faz dessas mortes o seu palanque político".

Freixo lembrou ainda o número de policiais mortos nas últimas 24 horas (dois agentes) e o número de pessoas mortas pela polícia. E se solidarizou com a população do Complexo do Alemão, que está protestando neste domingo 22 após a morte de Agatha.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email