Freixo promete denunciar à PF perfil pró-Bolsonaro no Twitter

"Em vez de questionar os motivos de Sérgio Moro ter sido contra a delação de Eduardo Cunha, a rede bolsonarista apela novamente à farsa tosca do Pavão Misterioso", afirmou o deputado Marcelo Freixo (PSOL-RJ); "E vou denunciar essa fraude à Polícia Federal para sabermos quem é o responsável por esse perfil"

(Foto: Michel Jesus - Câmara dos Deputados)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O deputado federal Marcelo Freixo (PSOL-RJ) informou no Twitter que denunciará à Polícia Federal o perfil "Pavão", pró-Bolsonaro, criada para a mesma rede social.

"Em vez de questionar os motivos de Sérgio Moro ter sido contra a delação de Eduardo Cunha, a rede bolsonarista apela novamente à farsa tosca do Pavão Misterioso. Coloco meu telefone à disposição da PF para desmontar essa fraude e desafio Moro e Deltan Dallagnol a fazerem o mesmo", postou o parlamentar. "E vou denunciar essa fraude à Polícia Federal para sabermos quem é o responsável por esse perfil".

Segundo as novas revelações do Intercept Brasil, desta vez em parceria com a revista Veja, um dos diálogos aponta que Moro interferiu na elaboração da denúncia contra Zwi Skornicki, réu da operação e representante da Keppel Fels, estaleiro com contratos suspeitos com a Petrobras.

“Laura no caso do Zwi, Moro disse que tem um depósito em favor do [Eduardo] Musa [da Petrobras] e se for por lapso que não foi incluído ele disse que vai receber amanhã e da tempo. Só é bom avisar ele”, diz. “Ih, vou ver”, respondeu ela.

Após o diálogo, a Procuradoria em Curitiba incluiu comprovante de depósito de US$ 80 mil feito por Skornicki a Musa. 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email