Freixo: Witzel faz da morte palanque eleitoral

O deputado Marcelo Freixo (PSOL-RJ) repudiou o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, que, ao justificar o assassinato da menina Ágatha, de 8 anos, culpou usuários de drogas. Segundo o parlamentar, Witzel concedeu uma entrevista coletiva de forma "hedionda"

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O deputado federal Marcelo Freixo (PSOL-RJ) bateu duro no governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, após ele culpar usuários de drogas pelo assassinato da menina Ágatha, de 8 anos. Ela foi vítima de bala perdida pela polícia na sexta-feira (20), no Complexo do Alemão (RJ).

"Uma criança de 8 anos foi brutalmente assassinada. E o que faz @wilsonwitzel  de forma hedionda em entrevista coletiva? Diz que sua política de segurança é um sucesso. É um desrespeito profundo à memória da Ágatha e à dor de sua família. Witzel faz da morte palanque eleitoral", escreveu o parlamentar no Twitter.

A criança estava dentro de uma kombi, quando foi atingida pelas costas. De acordo com a plataforma Fogo Cruzado, Ágatha foi a 16º criança vítima de violência armada neste ano na Região Metropolitana do Rio e a quinta que não resistiu aos ferimentos.

Segundo o governador, "aqueles que usam substâncias entorpecentes de forma recreativa", devem fazer uma reflexão. "Vocês são responsáveis pela morte da menina Ágatha: vocês que usam maconha e cocaína e dão dinheiro para genocidas", disse (veja aqui).

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email