Garotinho: caso Fifa fez Globo se render a Temer

Em entrevista à TV 247, o ex-governador Anthony Garotinho falou sobre a intervenção militar no Rio de Janeiro e disse que o mais correto seria o afastamento do governador Luiz Fernando Pezão, do PMDB. "Se o Pezão não pode cuidar da segurança pública, ele não pode cuidar de absolutamente nada", diz ele; Garotinho também explicou a conversão da Globo, que tentou derrubar Michel Temer no episódio da JBS, e agora defende enfaticamente a intervenção militar no Rio de Janeiro. "Isso aconteceu depois que a Justiça dos Estados Unidos pediu informações sobre o escândalo Fifa. Houve uma trégua e agora há uma adesão ao governo Temer", afirma

garotinho
garotinho (Foto: Leonardo Attuch)

Rio 247 – Em entrevista à TV 247, o ex-governador Anthony Garotinho falou sobre a intervenção militar no Rio de Janeiro e disse que o mais correto seria o afastamento do governador Luiz Fernando Pezão, do PMDB. "Se o Pezão não pode cuidar da segurança pública, ele não pode cuidar de absolutamente nada", diz ele.

Garotinho também explicou a conversão da Globo, que tentou derrubar Michel Temer no episódio da JBS, e agora defende enfaticamente a intervenção militar no Rio de Janeiro. "Houve um acordo. E isso aconteceu depois que a Justiça dos Estados Unidos pediu informações sobre o escândalo Fifa. Houve uma trégua e agora há uma adesão ao governo Temer", afirma. 

Sobre a intervenção em si, Garotinho falou que a crise na segurança é real, mas a solução passa por planejamento e uma nova política social e de segurança. 

Inscreva-se na TV 247 e confira a fala de Garotinho:

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247