Garotinho critica decisão em favor de Beltrame

O deputado Anthony Garotinho (PR-RJ) criticou a decisão judicial obrigando ele a indenizar em R$ 120 mil o secretário de Segurança do Rio, José Mariano Beltrame, bem como seus filhos por danos morais; o parlamentar tinha publicado em seu blog matéria com o endereço com fotos do prédio onde morava o dirigente; o congressista diz que "a matéria não continha ofensa e o juiz usou os comentários dos leitores para dizer que o secretário foi ofendido"

O deputado Anthony Garotinho (PR-RJ) criticou a decisão judicial obrigando ele a indenizar em R$ 120 mil o secretário de Segurança do Rio, José Mariano Beltrame, bem como seus filhos por danos morais; o parlamentar tinha publicado em seu blog matéria com o endereço com fotos do prédio onde morava o dirigente; o congressista diz que "a matéria não continha ofensa e o juiz usou os comentários dos leitores para dizer que o secretário foi ofendido"
O deputado Anthony Garotinho (PR-RJ) criticou a decisão judicial obrigando ele a indenizar em R$ 120 mil o secretário de Segurança do Rio, José Mariano Beltrame, bem como seus filhos por danos morais; o parlamentar tinha publicado em seu blog matéria com o endereço com fotos do prédio onde morava o dirigente; o congressista diz que "a matéria não continha ofensa e o juiz usou os comentários dos leitores para dizer que o secretário foi ofendido" (Foto: Leonardo Lucena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Rio 247 – O deputado federal e ex-governador do Rio Anthony Garotinho (PR-RJ) criticou a decisão judicial obrigando o parlamentar a indenizar em R$ 120 mil o secretário estadual de Segurança Pública do Rio, José Mariano Beltrame, bem como seus filhos. Isso porque o parlamentar tinha publicado em seu blog matéria na qual constava o endereço completo com fotos do prédio onde morava o dirigente. O republicano ainda pode recorrer.

Em texto publicado intitulado como "Mais um absurdo jurídico", em seu blog, Garotinho diz que, "como a matéria não continha ofensa e tudo o que foi mostrado estava documentado, o juiz usou os comentários dos leitores para dizer que o secretário foi ofendido". "Tenho certeza que essa decisão, como outras, será reformada na instância superior", diz o congressista, que também é pré-candidato ao governo do Rio.

Segundo o ex-governador, a matéria, que trata "sobre suas (de Beltrame) atividades empresariais na criação de cavalos de raça no sul do país, que estão documentadas", tinha como objetivo retratar o "lado oculto" do secretário. "Beltrame teria todo o direito de mostrar que aquilo que foi divulgado sobre ele não era verdade. No entanto não o fez, preferiu se valer dos comentários feitos por leitores do blog para tentar conseguir uma indenização. Isso não é mais garantia de imagem, é censura", disparou Garotinho.

Conforme a decisão judicial, Garotinho tem de retirar todas as informações publicadas no blog. Na decisão, o juiz sustenta que "é certo que a ninguém é dado o direito de criar um blog e, por meio deste veículo de comunicação de grande abrangência, atingir a honra de quem quer que seja". De acordo com o G1 Rio de Janeiro, Beltrame receberá R$ 60 mil e cada dos seus dois filhos, R$ 30 mil, totalizando, portanto, R$ 120 mil.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email