Gleisi lamenta a morte de ativista do movimento negro Lula Rocha: "deixa um legado dedicada às causas sociais"

Lula deixa um admirável legado de uma vida dedicada às causas sociais. Nossa solidariedade à família e aos amigos deste nobre companheiro", escreveu Gleisi Hoffmann (PT-PR)

(Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A presidente nacional do PT, deputada Gleisi Hoffmann (PR), lamentou a morte do ativista capixaba Lula Rocha, militante do movimento negro, da educação popular e dos direitos humanos. 

Lula, que tinha 36 anos, havia ficado internado no ano passado por problemas de saúde e foi novamente internado no Hospital Dório Silva, na Serra, onde faleceu na madrugada desta quinta (11), após complicações de uma hemodiálise.

"Perdemos hoje Lula Rocha, grande ativista do movimento negro, das lutas populares e dos direitos humanos. Lula deixa um admirável legado de uma vida dedicada às causas sociais. Nossa solidariedade à família e aos amigos deste nobre companheiro", escreveu Gleisi em suas redes sociais.


O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email