Golpe de Eduardo Bolsonaro visa impedir candidatura de Joice à prefeitura de SP

O diretório estadual do PSL, presidido pelo deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), aprovou nesta semana uma nominata para criar um órgão na esfera municipal e, assim, ter o poder de lançar um novo nome à próxima campanha eleitoral na prefeitura de São Paulo. Medida bate de frente com as intenções de candidatura da deputada Joice Hasselmann

Deputada Joice Hasselmann durante sessão de posse dos Deputados Federais para a 56ª Legislatura
Deputada Joice Hasselmann durante sessão de posse dos Deputados Federais para a 56ª Legislatura (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O diretório estadual do PSL, presidido pelo deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), aprovou nesta semana uma nominata para criar um órgão na esfera municipal e, assim, ter o poder de lançar um novo nome à próxima campanha eleitoral na prefeitura de São Paulo. Medida bate de frente com as intenções de candidatura da deputada Joice Hasselmann, que já havia lançado seu nome na disputa antes mesmo de uma decisão formal do partido.

Outro ponto que complica a situação para Joice é o fato do nome de Edson Salomão – chefe de gabinete do deputado estadual Douglas Garcia e líder do Movimento Conservador – aparecer como futuro presidente do diretório. Salomão é um desafeto de Joice, um dos críticos de sua candidatura precoce à prefeitura de SP.

Leia a íntegra no Portal Forum 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email