Governo de São Paulo contraria norma e usa receita de vacinas do Instituto Butantan para compras hospitalares

O governo de São Paulo está usando dinheiro da Fundação Butantan que deveria ser aplicado em pesquisa no próprio instituto para cobrir gastos com a área da saúde. O Executivo estadual alegou emergência

Paciente com Covid-19 em UTI de hospital em São Paulo
Paciente com Covid-19 em UTI de hospital em São Paulo (Foto: Amanda Perobelli - REUTERS)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O governo de São Paulo, comandado por João Doria (PSDB), está usando dinheiro da Fundação Butantan que deveria ser aplicado em pesquisa e desenvolvimento no próprio instituto, segundo seu estatuto, para cobrir gastos com materiais e insumos para hospitais. A informação é do jornal Folha de S.Paulo

A instituição obteve, no ano passado, cerca de R$ 1,9 bilhão com venda de vacinas e soros que produz ao governo federal. Desse montante, cerca de R$ 780 milhões (40%) representam superávit do exercício, conforme balanço publicado no Diário Oficial. O dinheiro deveria ser usado para a pesquisa e produção de vacinas no instituto.

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) alegou emergência devido à epidemia de Covid-19. Os gastos executados a partir dessa verba somam mais de R$ 500 milhões, ou 64% do total obtido pela fundação.

No mês passado, Doria propõe um projeto de lei prevendo que o superávit de fundações, institutos e autarquias estaduais poderia ser usado para o ajuste fiscal por causa da situação de emergência com a pandemia. Na última semana, o projeto foi alterado, e o mecanismo, limitado ao superávit produzido em 2019. A proposta ainda não foi votada.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email