Governo do Rio faz plano para reformular UPP's

Secretário de Segurança Pública do Estado do Rio, José Mariano Beltrame informou que um levantamento feito pela pasta e pela PM apontou problemas como confrontos e mortes de policias em 17 UPPs; o plano para reformular as unidades já está saindo do papel para impedir a expansão de novas bases sem estrutura; a secretaria recebeu R$ 27 milhões da Assembleia Legislativa do Rio, e já começa a construir novas sedes de UPP na Rocinha e no Alemão; "Os contêineres começam a ser retirados para dar lugar aos prédios de alvenaria que abrigarão as novas sedes"; disse

Secretário de Segurança Pública do Estado do Rio, José Mariano Beltrame informou que um levantamento feito pela pasta e pela PM apontou problemas como confrontos e mortes de policias em 17 UPPs; o plano para reformular as unidades já está saindo do papel para impedir a expansão de novas bases sem estrutura; a secretaria recebeu R$ 27 milhões da Assembleia Legislativa do Rio, e já começa a construir novas sedes de UPP na Rocinha e no Alemão; "Os contêineres começam a ser retirados para dar lugar aos prédios de alvenaria que abrigarão as novas sedes"; disse
Secretário de Segurança Pública do Estado do Rio, José Mariano Beltrame informou que um levantamento feito pela pasta e pela PM apontou problemas como confrontos e mortes de policias em 17 UPPs; o plano para reformular as unidades já está saindo do papel para impedir a expansão de novas bases sem estrutura; a secretaria recebeu R$ 27 milhões da Assembleia Legislativa do Rio, e já começa a construir novas sedes de UPP na Rocinha e no Alemão; "Os contêineres começam a ser retirados para dar lugar aos prédios de alvenaria que abrigarão as novas sedes"; disse (Foto: Leonardo Lucena)

Rio 247 – O secretário de Segurança Pública do Estado do Rio, José Mariano Beltrame, informou, neste domingo (29), que um levantamento feito pela pasta e pela Polícia Militar apontou problemas como confrontos e mortes de policias em 17 Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs). O plano para reformular as UPPs já está saindo do papel para impedir a expansão de novas bases sem estrutura.

A secretaria recebeu R$ 27 milhões da Assembleia Legislativa do Rio, e já começa a construir novas sedes de UPP na Rocinha e no Alemão, apesar da crise financeira enfrentada pelo Estado. Segundo Beltrame, há vulnerabilidade em algumas unidades como Complexo do Alemão, Rocinha, Mangueira, Morro dos Macacos e Lins de Vasconcelos.

"Faremos mais obras e compraremos equipamentos de proteção individual. Os contêineres começam a ser retirados para dar lugar aos prédios de alvenaria que abrigarão as novas sedes. Além disso, estamos treinando os policiais, como ocorreu com os PMs da UPP do Morro São João (Engenho Novo). Não dá para garantir que não haverá confrontos, que os problemas vão acabar, mas vamos continuar ajustando. Não quero ir mais a velórios de policiais mortos em serviço", afirmou Beltrame, durante a cerimônia de premiação de uma corrida no Morro do Borel, na Tijuca (área com UPP).

Além da construção de novas bases, haverá um remanejamento geral do efetivo da PM. Policiais que vieram do interior para a cidade do Rio com o objetivo de reforçar a segurança voltarão para suas cidades de origem.Boa parte dos 1.891 policiais recém-formados que estariam indo para o Complexo da Maré, por exemplo, serão distribuídos para outras regiões, como a Baixada, onde há batalhões com apenas 300 homens.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247