Guerra de facções leva caos ao Rio; ônibus são incendiados, metrô fecha e trens são afetados

Uma disputa entre duas facções na região do Complexo da Pedreira, Zona Norte do Rio, fez suspender o serviço de metrô e alterou a circulação dos trens da Supervia. Pelo menos três ônibus foram incendiados. Os ônibus queimados são das linhas 688 (Pavuna - Méier), 920 (Pavuna-Bonsucesso) e 778 (Cascadura-Pavuna)

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Uma disputa entre duas facções na região do Complexo da Pedreira, Zona Norte do Rio, fez suspender o serviço de metrô e alterou a circulação dos trens da Supervia. Pelo menos três ônibus foram incendiados. Os ônibus queimados são das linhas 688 (Pavuna - Méier), 920 (Pavuna-Bonsucesso) e 778 (Cascadura-Pavuna).

A reportagem do portal G1 destaca que "a estação Engenheiro Rubens Paiva foi fechada por cerca de cinco minutos por volta de 18h40 e voltou a ser fechada às 19h25 por causa da troca de tiros, segundo o MetrôRio. Com o segundo fechamento, a operação está sendo feita entre Pavuna e Botafogo."

A matéria ainda acrescenta que "o serviço do metrô foi normalizado por volta das 20h. O tráfego ficou interrompido por cerca de 30 minutos. Durante o tempo em que a estação ficou fechada, os passageiros esperaram sentados no chão a reabertura da estação.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247