HC tem 98% de leitos de UTI ocupados e prepara ampliação emergencial

O objetivo é fazer uma ampliação de 100 leitos, ocupando espaços de enfermarias e leitos cirúrgicos, mas ainda faltam equipamentos e profissionais especializados para formar as equipes de UTI

Hospital das Clínicas da USP
Hospital das Clínicas da USP (Foto: HCFMUSP)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP fará uma ampliação emergencial de leitos de UTI para o atendimento de pacientes diagnosticadas com coronavírus. A informação foi publicada na coluna de Mônica Bergamo. Ao todo, 196 doentes ocupavam nesta quinta-feira (23) 200 leitos de terapia intensiva reservados para a doença, uma lotação de 98%.

O objetivo é fazer uma ampliação de 100 leitos, ocupando espaços de enfermarias e leitos cirúrgicos. Mas, ainda de acordo com a coluna, faltam equipamentos e profissionais especializados para formar as equipes de UTI.

A diretora clínica do HC, Eloisa Bonfá, relata a situação preocupante. “Vamos fazer tudo o que pudermos. Mas, quando temos médicos, falta pessoal de enfermagem. Quando temos enfermagem, não temos equipamentos”.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247