Internações por coronavírus crescem 17% no estado de SP, na segunda semana seguida de alta

A segunda onda do coronavírus no estado de São Paulo é esperada para o final de dezembro, de acordo com médicos que integram o comitê de combate à Covid-19. A Secretaria da Saúde apontou um aumento de 17% nas internações entre os dias 15 e 21 de novembro no estado

(Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A segunda onda do coronavírus no estado de São Paulo é esperada para o final de dezembro, de acordo com médicos que integram o comitê de combate à Covid-19, nomeado pelo governador João Doria (PSDB-SP). 

De acordo com alguns dos profissionais, podem ter colaborado para antecipar a subida de internações. "Ela é um reflexo da campanha, na minha opinião", disse o médico Geraldo Reple, que integra o comitê e comanda a Secretaria de Saúde de São Bernardo do Campo. O relato foi publicado na coluna Painel.

A Secretaria da Saúde apontou um aumento de 17% nas internações entre os dias 15 e 21 de novembro no estado, após aumento de 18% na semana anterior, de 8 a 14 de novembro. 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247