Jandira: ‘defender Lula é defender a democracia e os trabalhadores’

Deputada federal Jandira Feghali (PCdoB-RJ) voltou a defender a candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva à presidência da República em 2018; "Defendendo Lula estamos defendendo a democracia e o direito dos trabalhadores de terem uma educação, saúde e cultura publica", afirmou a parlamentar no Twitter; "Temos que manter ocupação política contra as reformas que são a expressão um Congresso patronal e reacionário", Jandira

 
Em discurso, deputada federal Jandira Feghali (PCdoB-RJ).
  
  Em discurso, deputada federal Jandira Feghali (PCdoB-RJ).    (Foto: Leonardo Lucena)

Rio 247 - A deputada federal Jandira Feghali (PCdoB-RJ) voltou a defender a candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva à presidência da República em 2018.

"Defendendo Lula estamos defendendo a democracia e o direito dos trabalhadores de terem uma educação, saúde e cultura publica", afirmou a parlamentar no Twitter.

Segundo a congressista, "o golpe contra Dilma visava entregar as nossas riquezas e tirar o acesso do povo as políticas públicas de Lula e Dilma". "Temos que manter ocupação política contra as reformas que são a expressão um Congresso patronal e reacionário", Jandira.

Lula foi condenado no caso do tripléx do Guarujá. Ele é acusado pelo Ministério Público Federal de ter recebido R$ 3,7 milhões em propina por conta de três contratos entre a OAS e a Petrobras. O MPF sustenta que os valores foram repassados a Lula por meio da reforma de um apartamento no Guarujá e do pagamento do armazenamento de bens de Lula, como presentes recebidos no período em que era presidente.

A Frente Brasil Juristas pela Democracia criticou a medida. "Expõe de forma clara a opção do julgador pelo uso do Direito com fins políticos, demonstrando nítida adoção do processo penal de exceção, próprio dos regimes autoritários" (veja aqui).

"Expõe de forma clara a opção do julgador pelo uso do Direito com fins políticos, demonstrando nítida adoção do processo penal de exceção, próprio dos regimes autoritários".

Pesquisa Datafolha divulgada no final do mês passado revela que Lula disparou em todos os cenários, alcançando números entre 29% e 31% das intenções de voto no primeiro turno.

 

 

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247