Jandira Feghali: Temer deu um tapa na cara do povo brasileiro

"Primeiro, Janaína Paschoal. Agora, Temer. Os traidores não tem mais vergonha de nada. Temer ter reconhecido o impeachment como GOLPE é um tapa na cara do povo brasileiro", afirmou a deputada federal Jandira Feghali (PCdoB-RJ)

(Foto: Will Shutter - Câmara)

247 - A deputada federal Jandira Feghali (PCdoB-RJ) disse que foi um "tapa na cara do povo brasileiro" a entrevista de Michel Temer ao Roda Viva nesta segunda-feira (16), quando ele reconheceu o afastamento de Dilma Rousseff como um golpe.

"Primeiro, Janaína Paschoal. Agora, Temer. Os traidores não tem mais vergonha de NADA. Temer ter reconhecido o impeachment como GOLPE é um tapa na cara do povo brasileiro", escreveu a parlamentar no Twitter.

Na entrevista, o emedebista afirmou: "Eu jamais apoiei ou fiz empenho pelo golpe".

Em 2016, tanto o Ministério Público Federal (MPF-DF) como uma perícia do Senado comprovaram que Dilma Rousseff não cometeu a chamada pedalada fiscal. 

Segundo as acusações da oposição, o Tesouro Nacional atrasou o pagamento para o Banco do Brasil no âmbito do Plano Safra. O objetivo do governo seria fazer o chamado superávit primário. O BB teria repassado recursos próprios. A Lei de Responsabilidade Fiscal proíbe operação de crédito entre tesouro e banco público, mas tal operação ocorreu entre BB e beneficiários do Plano Safra. 

Em delação premiada no ano de 2017, o operador do MDB Lúcio Funaro admitiu que a compra de votos no impeachment aceito no ano anterior pelo então presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, do MDB-RJ (veja aqui).

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247