(Vídeo) Jovem negro é abordado com truculência por PM em SP: “Tu tem cara de ladrão”

Um vídeo mostra um policial questionando Lucas Costa de Araújo, jovem negro de 23 anos. "Por que você tá revoltado aí?". O homem responde: "Porque é o quarto 'enquadro' que eu levo esse ano". "Fod*-**, tu tem cara de ladrão", disse o militar

(Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Jovem negro de 23 anos, Lucas Costa de Araújo que trabalha como operador de loja, filmou e divulgou nas redes sociais o momento em que foi abordado de forma truculenta por um policial militar na orla da praia de Santos, no litoral de São Paulo. "Tu tem cara de ladrão, tu vai ser enquadrado dez vezes", disse o PM.

O jovem retornava do serviço de bicicleta, por volta das 6h30 da terça-feira (12), quando foi abordado por três policiais, também de bicicleta, na ciclovia do bairro do Gonzaga. Os relatos foram publicados pelo portal G1.

O vídeo mostra o policial questionando o rapaz. "Por que que você tá revoltado aí?". Lucas responde: "Porque é o quarto 'enquadro' que eu levo esse ano". 

O PM responde: "Fod*-**, tu tem cara de ladrão, tu vai ser enquadrado dez vezes, você tá escutando?".

"Quando o último policial que passava de bicicleta me olhou e deu meia volta, notei que seria 'enquadrado'. Então, resolvi gravar, porque já era meu quarto 'enquadro' só este ano, e naquela mesma região. Eu queria gravar só o começo, só que, quando ele começou a me ofender, continuei. E acabou que registrei ele falando que eu estava sendo ‘enquadrado’ porque tinha cara de ladrão", disse Lucas.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247