Jovem negro testemunha roubo de moto, mas é preso e condenado pelo crime

A prisão de Joel mobilizou os moradores da rua Baldomero Fernandez, onde mora, que escreveram dezenas de cartas para serem anexadas ao processo, e pedem que as testemunhas que viram os verdadeiros autores do roubo da moto sejam ouvidas

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O empregado doméstico Joel Rodrigues do Nascimento Júnior, 21, está preso preventivamente desde junho de 2020 e foi condenado em primeira instância a 5 anos e 4 meses de prisão por roubo após testemunhar dois ladrões abandonarem uma moto roubada em sua rua, no bairro Jardim Sul, zona sul de São Paulo. A reportagem é do portal UOL. 

Segundo a repirtagem, sua prisão e condenação foram baseadas apenas nos testemunhos de um policial militar e no reconhecimento de Joel pelo dono da moto. A defesa de Joel afirma que o reconhecimento — no 26º DP (Sacomã) — foi ilegal.

A prisão de Joel mobilizou os moradores da rua Baldomero Fernandez, onde mora, que escreveram dezenas de cartas para serem anexadas ao processo, e pedem que as testemunhas que viram os verdadeiros autores do roubo da moto sejam ouvidas, bem como as testemunhas que viram que Joel não tocou no veículo.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email