Juiz enquadra Romário e manda senador pagar aluguel atrasado

O senador ainda terá de demolir um campo de futebol e um pier construídos irregularmente em bairro nobre de Brasília

Senador Romário
Senador Romário (Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Revista Fórum - O juiz Luciano dos Santos Mendes, da 7ª Vara Cível de Brasília, condenou o senador Romário (Podemos-RJ), nesta terça-feira (17), a pagar seus aluguéis atrasados de uma mansão em um bairro nobre da capital federal. O magistrado ainda determinou que o ex-jogador deve demolir um campo de futebol e um pier construídos ilegalmente.

A confusão começou em junho de 2015, quando a empreiteira locatária decidiu reajustar o aluguel do imóvel de R$ 26 mil para R$ 35 mil mensais. Romário se recusou a pagar e, entre junho e setembro de 2016, ele apenas desembolsou duas parcelas, até deixar o imóvel.

“Quem recusa um acordo não pede o boleto de pagamento no valor que discorda e efetua o pagamento”, escreveu o magistrado Santos Mendes.

Leia mais na Fórum.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email