Juíza determina que Facebook e Twitter retirem postagens com imagens de Marielle Franco ‘decapitada’

Decisão da juíza do TJ-RJ Renata Gomes Casanova determina a retirada de postagens do Twitter e do Facebook com publicações ofensivas à memória da ex-vereadora Marielle Franco sob pena de multa diária de R$ 10 mil em caso de descumprimento

Marielle Franco
Marielle Franco (Foto: Mídia Ninja)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A juíza Renata Gomes Casanova, do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, determinou a retirada de postagens do Twitter e do Facebook  com publicações ofensivas à memória da ex-vereadora Marielle Franco (PSOL-RJ), assassinada em 2018 juntamente com o motorista Anderson Gomes. A magistrada determinou, ainda, o pagamento de uma multa diária de R$ 10 mil caso a decisão seja descumprida. 

De acordo com a coluna do jornalista Ancelmo Gois, no jornal O Globo, ação foi movida por familiares de Marielle após usuários das redes sociais publicarem montagens como se estivessem carregando a cabeça da parlamentar decapitada. 

 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247