Justiça aceita denúncia e Roberto Jefferson vira réu por tentativa de homicídio contra policiais federais

O petebista responderá por quatro tentativas de homicídios

www.brasil247.com - Roberto Jefferson (PTB-RJ)
Roberto Jefferson (PTB-RJ) (Foto: Valter Campanato/Agência Brasil)


247 - A Justiça Federal aceitou denúncia do Ministério Público Federal (MPF) e nesta sexta-feira (9) tornou o ex-deputado Roberto Jefferson réu por quatro tentativas de homicídio no ataque que ele promoveu contra policiais federais que foram prendê-lo. O petebista responderá pelos crimes de resistência qualificada; posse ilegal de arma de fogo de uso restrito e munição de uso permitido e restrito (dois crimes condensados em um só); e a posse de três granadas adulteradas. A informação foi publicada pelo portal G1

À época, os agentes foram cumprir uma ordem do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes na casa de Jefferson em Comendador Levy Gasparian, na Região Serrana do Rio. De acordo com o juiz, o petebista descumpriu determinações do Judiciário para o cumprimento de prisão domiciliar - o ex-parlamentar é investigado por suposto envolvimento em esquemas de produção de fake news contra o Estado Democrático de Direito. Uma das medidas que ele deveria obedecer na prisão domiciliar é não participar de redes sociais, mas apareceu em um vídeo com ofensas contra a ministra Cármen Lúcia, do STF.

A decisão desta sexta é da juíza Abby Ilharco Magalhães, da 1ª Vara Federal de Três Rios. "(...) Houve por parte do investigado ao menos a assunção do risco de resultado (s) morte, caracterizando-se assim a modalidade dolosa para fins de delimitação da competência constitucionalmente atribuída ao Tribunal do Júri", escreveu ela no texto.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247