Justiça decreta prisão preventiva de novos suspeitos de atuação com hacker de Araraquara

Juiz Ricardo Leite, da 10ª Vara Federal do DF, decretou a prisão preventiva de Thiago Eliezer e Luiz Henrique Molição, dois novos alvos da Operação Spoofing, suspeitos de atuar em conjunto com o hacker Walter Delgatti Neto na invasão do Telegram de autoridades

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O juiz Ricardo Leite, da 10ª Vara Federal do DF, decretou a prisão preventiva de Thiago Eliezer e Luiz Henrique Molição, dois novos alvos da Operação Spoofing, suspeitos de atuar em conjunto com o hacker Walter Delgatti Neto na invasão do Telegram de autoridades.

Segundo informações do jornal O Globo, a Polícia Federal havia prendido temporariamente Thiago Eliezer e Luiz Henrique Molição na segunda fase da Operação Spoofing, deflagrada no último dia 19. Com o fim do prazo das prisões temporárias na sexta-feira, o delegado da PF Luís Flávio Zampronha, responsável pelo caso, solicitou a conversão para prisão preventiva, sob o argumento de que os aparelhos eletrônicos apreendidos ainda estão sendo periciados e que, soltos, eles poderiam colocar em risco as investigações.

Eliezer é suspeito de ter sido o "mentor" de Delgatti nas invasões do Telegram das autoridades e de ter ensinado a ele técnicas para essas invasões. A PF também encontrou movimentações financeiras suspeitas de pessoas ligadas a ele e apura se Eliezer é o braço financeiro do grupo. As investigações ainda buscam descobrir se eles receberam pagamentos pelas invasões.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email