Justiça Federal em SP condena filhos de Paulo Maluf por lavagem de dinheiro

A Justiça Federal em São Paulo condenou três filhos do ex-prefeito da capital paulista Paulo Maluf pelo crime de lavagem de dinheiro. Segundo a acusação do Ministério Público Federal em 2006, a família Maluf fez movimentações financeiras no exterior, entre 1997 e 2003, para ocultar a origem de grande parte dos recursos desviados de obras na gestão do então prefeito, entre 1993 e 1996

(Foto: GUSTAVO LIMA - AG. CÂMARA)

247 - A Justiça Federal em São Paulo condenou três filhos do ex-prefeito da capital paulista Paulo Maluf pelo crime de lavagem de dinheiro. A sentença é assinada pela juíza Silva Maria Rocha, da 2ª Vara Federal Criminal de São Paulo. A ação foi iniciada há mais de 12 anos.

A pena imposta ao empresário Flávio Maluf é de oito anos de prisão em regime fechado e de quatro anos em semiaberto para as filhas Ligia Maluf Curi e Lina Maluf Alves da Silva.

Segundo a acusação do Ministério Público Federal em 2006, a família Maluf fez movimentações financeiras no exterior, entre 1997 e 2003, para ocultar a origem de grande parte dos recursos desviados de obras na gestão de Maluf na Prefeitura de São Paulo, entre 1993 e 1996.

De acordo com a denúncia, foram abertas contas e fundos de investimento ligados a empresas offshore sediadas na Ilha de Jersey e nas Ilhas Virgens Britânicas, dois paraísos fiscais.

O dinheiro, que também passava por bancos de Nova York, era repatriado com a suposta compra de títulos que essas companhias realizavam em favor da Eucatex, empresa da família Maluf no Brasil.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247