Lava Jato: PF pede arquivamento de inquérito de Lindbergh

Relatório, assinado pelo delegado da Polícia Federal Luiz Gustavo de Souza Carvalho, conclui que não há indícios suficientes para prosseguir com a investigação ou pedir o indiciamento do senador Lindbergh Farias (PT-RJ)

Plenário do Senado Federal durante sessão deliberativa extraordinária. À tribuna, senador Lindbergh Farias (PT-RJ) em discurso. Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado
Plenário do Senado Federal durante sessão deliberativa extraordinária. À tribuna, senador Lindbergh Farias (PT-RJ) em discurso. Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado (Foto: Gisele Federicce)

Rio 247 - A Polícia Federal pediu ao ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal, o arquivamento do inquérito contra o senador Lindbergh Farias (PT-RJ) no âmbito da Operação Lava Jato. Nele, o senador é acusado de receber propina de construtoras em sua campanha ao Senado.

O relatório, assinado pelo delegado da PF Luiz Gustavo de Souza Carvalho, conclui que não há indícios suficientes para prosseguir com a investigação ou pedir o indiciamento do senador.

Documento diz, se referindo a depoimentos dos principais executivos das construtoras investigadas: "Nenhum dos executivos, inclusive na condição de colaboradores, foi capaz de corroborar a narrativa que ensejou a instauração do presente inquérito, ou ao menos de que as contribuições tivessem origem ilícita".

Antes da decisão de Teori, o pedido da PF será analisado pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, que pode concordar com o relatório e reforçar o pedido de arquivamento ou solicitar o prosseguimento das investigações.

Conheça a TV 247

Mais de Sudeste

Ao vivo na TV 247 Youtube 247