Lindbergh: renúncia de Cunha cheira a pizza

Para o senador Lindbergh Farias (PT-RJ), a renúncia de Eduardo Cunha (PMDB-RJ) à presidência da Câmara nesta tarde "tem cheiro de pizza" e o "cozinheiro responsável é Michel Temer"; "A cena do crime está montada: Eduardo Cunha renuncia à presidência da Câmara, mas mantém o mandato", afirmou; segundo o senador, mantendo o mandato, Cunha passa a articular a candidatura do seu sucessor, que terá a missão de evitar a cassação do seu chefe. "Tudo isso com a conivência de PSDB e DEM e a regência do presidente interino Michel Temer. Para nós, a renúncia não basta: queremos que Cunha seja cassado!", afirmou em sua página no Facebook

Para o senador Lindbergh Farias (PT-RJ), a renúncia de Eduardo Cunha (PMDB-RJ) à presidência da Câmara nesta tarde "tem cheiro de pizza" e o "cozinheiro responsável é Michel Temer"; "A cena do crime está montada: Eduardo Cunha renuncia à presidência da Câmara, mas mantém o mandato", afirmou; segundo o senador, mantendo o mandato, Cunha passa a articular a candidatura do seu sucessor, que terá a missão de evitar a cassação do seu chefe. "Tudo isso com a conivência de PSDB e DEM e a regência do presidente interino Michel Temer. Para nós, a renúncia não basta: queremos que Cunha seja cassado!", afirmou em sua página no Facebook
Para o senador Lindbergh Farias (PT-RJ), a renúncia de Eduardo Cunha (PMDB-RJ) à presidência da Câmara nesta tarde "tem cheiro de pizza" e o "cozinheiro responsável é Michel Temer"; "A cena do crime está montada: Eduardo Cunha renuncia à presidência da Câmara, mas mantém o mandato", afirmou; segundo o senador, mantendo o mandato, Cunha passa a articular a candidatura do seu sucessor, que terá a missão de evitar a cassação do seu chefe. "Tudo isso com a conivência de PSDB e DEM e a regência do presidente interino Michel Temer. Para nós, a renúncia não basta: queremos que Cunha seja cassado!", afirmou em sua página no Facebook (Foto: Aquiles Lins)

Brasília 247 - O senador Lindbergh Farias (PT-RJ) disse nesta quinta-feira, 7, que a renúncia de Eduardo Cunha (PMDB-RJ) à presidência da Câmara "tem cheiro de pizza".

"E o cozinheiro responsável é Michel Temer. A cena do crime está montada: Eduardo Cunha renuncia à presidência da Câmara, mas mantém o mandato", afirmou Lindbeergh.

Segundo o senador, mantendo o mandato, Cunha passa a articular a candidatura do seu sucessor, que terá a missão de evitar a cassação do seu chefe. "Tudo isso com a conivência de PSDB e DEM e a regência do presidente interino Michel Temer. Para nós, a renúncia não basta: queremos que Cunha seja cassado!", afirmou em sua página no Facebook. 

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247