Lockdown em Araraquara: ruas vazias, blitzes e lojas fechadas

A medida do prefeito Edinho Silva (PT) é ainda mais rigorosa que a estabelecida na Fase Vermelha pelo Governo de São Paulo, de João Doria (PSDB)

Lockdown em Araraquara
Lockdown em Araraquara (Foto: Prefeitura de Araraquara)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Iniciou nesta segunda-feira, 15, o lockdown em Araraquara, interior de São Paulo, diante da confirmação da variante do novo coronavírus de Manaus na cidade. As ruas estavam vazias, com blitzes realizadas pela prefeitura de Edinho Silva (PT) e uma Kombi circulando com alto falante orientando para que as pessoas ficassem em casa.

A medida é ainda mais rigorosa que a estabelecida na Fase Vermelha pelo Governo de São Paulo, de João Doria (PSDB). Segundo Edinho, o lockdown na cidade é para evitar a contaminação e um colapso do sistema de saúde, uma vez que a “variante de Manaus” é vista como um dos principais sintomas que levaram à crise sanitária no estado do Amazonas.

Na cidade, apenas serviços essenciais podem funcionar, mas há uma limitação de horários:  supermercados até 20h e postos de combustíveis até 19h. Em todos os horários, as pessoas devem justificar porque estão fora de casa, sob multa de R$ 6 mil a infratores.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email