Mais um idoso é morto por bala perdida em São Gonçalo, no Rio

Adenir Nunes da Conceição, de 60 anos, foi atingido na comunidade do Salgueiro. Com a morte de Adenir, o município contabiliza quatro idosos mortos de dezembro para cá em situações semelhantes envolvendo balas perdidas

(Foto: Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Por Raquel Júnia - Repórter do Radiojornalismo da EBC

O município de São Gonçalo, no Rio de Janeiro, teve mais uma morte confirmada de idoso por bala perdida. Adenir Nunes da Conceição, de 60 anos, foi atingido na comunidade do Salgueiro, no último sábado (4). Ele chegou a ser levado para o Hospital Estadual Alberto Torres, mas não resistiu. No mesmo dia, Lisete Pereira, de 78 anos, foi atingida no quintal de casa, no bairro Arsenal, também em São Gonçalo. Com a morte de Adenir, o município contabiliza quatro idosos mortos de dezembro para cá em situações semelhantes envolvendo balas perdidas.

Sobre as circunstâncias da morte de Adenir, a Polícia Militar informou, em nota, que uma equipe do Batalhão de São Gonçalo foi alvo de criminosos armados quando estava na rodovia BR-101, no acesso à comunidade do Salgueiro. Segundo a PM, os agentes não revidaram os tiros e, logo em seguida, populares informaram aos policiais que um homem havia sido atingido por bala de fogo.

O caso está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo. Procurada a respeito das investigações, a Polícia Civil informou apenas que diligências estão em andamento para esclarecer a morte.

Em dezembro, outras duas idosas foram vítimas de bala perdida no município. Sandra Gomes Sales, de 61 anos, e Maria dos Remédios Vilarinho de Jesus, de 68 anos, foram atingidas no bairro Jardim Catarina.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247