Manifestantes saem em passeata após aprovação de venda da Cedae

Um grupo de manifestantes e funcionários da Cedae que se concentravam em frente à Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) estão em passeata em direção à Candelária e prometem "fechar o centro do Rio", após a aprovação do texto base do projeto de lei que autoriza a privatização da Cedae; projeto foi parovado por 41 votos a favor e 28 contra; passeata chegou a fechar as quatro vias da Avenida Getúlio Vargas, uma das mais vias do Centro do Rio; Batalhão de Choque da PM lançou bombas de gás contra um grupo de black blocks que tentava destruir caixas de som instaladas no acesso à Marquês da Sapuca; manifestação prossegue

Um grupo de manifestantes e funcionários da Cedae que se concentravam em frente à Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) estão em passeata em direção à Candelária e prometem "fechar o centro do Rio", após a aprovação do texto base do projeto de lei que autoriza a privatização da Cedae; projeto foi parovado por 41 votos a favor e 28 contra; passeata chegou a fechar as quatro vias da Avenida Getúlio Vargas, uma das mais vias do Centro do Rio; Batalhão de Choque da PM lançou bombas de gás contra um grupo de black blocks que tentava destruir caixas de som instaladas no acesso à Marquês da Sapuca; manifestação prossegue
Um grupo de manifestantes e funcionários da Cedae que se concentravam em frente à Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) estão em passeata em direção à Candelária e prometem "fechar o centro do Rio", após a aprovação do texto base do projeto de lei que autoriza a privatização da Cedae; projeto foi parovado por 41 votos a favor e 28 contra; passeata chegou a fechar as quatro vias da Avenida Getúlio Vargas, uma das mais vias do Centro do Rio; Batalhão de Choque da PM lançou bombas de gás contra um grupo de black blocks que tentava destruir caixas de som instaladas no acesso à Marquês da Sapuca; manifestação prossegue (Foto: Aquiles Lins)

Rio 247 - Um grupo de manifestantes e funcionários da Cedae que se concentravam em frente à Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) estão em passeata em direção à Candelária e prometem "fechar o centro do Rio", após a aprovação do texto base do projeto de lei que autoriza a privatização da Cedae.

Projeto do governo Luiz Fernando Pezão (PMDB) conseguiu a aprovação por 41 votos a favor e 28 contra, e é uma das exigências do governo de Michel Temer para conceder empréstimo de R$ 3,5 bilhões. 

O Batalhão de Choque da Polícia Militar lançou bombas de gás contra um grupo de black blocks que tentava destruir caixas de som instaladas no acesso à Marquês da Sapucaí, que sediará os desfiles de carnaval do Rio a partir do próximo final de semana.

Segundo o Broadcast Político, o grupo de mascarados acompanhava a passeata de servidores da Cedae. A passeata chegou a fechar as quatro vias da Avenida Getúlio Vargas, uma das mais vias do Centro do Rio. A manifestação prossegue. 

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247