Motorista morre bala perdida no mesmo local onde músico foi fuzilado com 80 tiros

Motorista de aplicativo morreu ao ser atingida por uma bala perdida na tarde de sábado (19) em Guadalupe, na Zona Norte do Rio. Local foi o mesmo onde o músico Evaldo Rosa morreu ao ter o carro alvejado por 80 tiros em abril de 2019

Dez militares são presos após carro ser fuzilado com 80 tiros no Rio
Dez militares são presos após carro ser fuzilado com 80 tiros no Rio (Foto: reprodução)

247 - . O caso aconteceu na Estrada do Camboatá, mesmo local onde o músico Evaldo Rosa morreu ao ter o carro alvejado por 80 tiros em abril de 2019. Danúbia Lima dos Santos Batista, de 38 anos, transportava duas passageiras, quando começou o tiroteio. A informação é do Portal G1.

O delegado Rodrigo Brand informou que as passageiras irão prestar depoimento na sede da Delegacia de Homicídios (DH). Ainda de acordo com o delegado, dois suspeitos foram presos no confronto, Um deles foi levado para a 35ª DP (Campo Grande). O segundo estava ferido e foi socorrido para o Hospital Carlos Chagas, em Marechal Hermes, na Zona Norte. Um terceiro suspeito conseguiu fugir para o interior da Favela do Muquiço, perto do local. A PM informou neste domingo (20) que policiais militares do 9º BPM (Rocha Miranda) estavam em patrulhamento na Estrada do Camboatá e identificaram um roubo de veículo. Houve confronto no local com os criminosos.

Ao vivo na TV 247 Youtube 247