MP aponta Crivella como chefe de "gigantesco esquema de corrupção"

"Elementos de prova obtidos a partir das buscas e apreensões deferidas por este juízo confirmam as suspeitas iniciais e revelam efetiva participação e o protagonismo de Marcelo Crivella no gigantesco esquema de corrupção, afirmou o Ministério Público

Marcelo Crivella
Marcelo Crivella (Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Sputnik – O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MP-RJ) afirmou nesta sexta-feira (11) que a investigação contra o prefeito Marcelo Crivella confirma seu protagonismo em "gigantesco esquema de corrupção".

Na última quinta-feira (11), a Polícia Civil e o Ministério Público cumpriram 22 mandados de busca e apreensão para investigar suposto esquema de pagamentos de propina para a liberação de pagamentos da prefeitura.

Foram realizados mandados de busca e apreensão na residência de Marcelo Crivella, na a sede da prefeitura e no Palácio da Cidade, onde Crivella despacha.

"Elementos de prova obtidos a partir das buscas e apreensões deferidas por este juízo confirmam as suspeitas iniciais e revelam efetiva participação e o protagonismo de Marcelo Crivella no gigantesco esquema de corrupção, peculato, fraude e lavagem de dinheiro no município do Rio de Janeiro", afirmou o Ministério Público.

De acordo com as investigações, evidencias mostram interferência do empresário Rafael Alves na gestão do prefeito do Rio, como na escolha de "empresas para prestar diversos setores da administração e pessoas para ocupar cargos-chave".

Em seu despacho, a desembargadora Rosa Helena classificou como "assustadora" a subserviência de Crivella a Rafael Alves, que é irmão do ex-presidente da Riotur.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email