Mulher de Queiroz passava temporadas com ele em Atibaia, diz advogada que trabalhou no local

Ana Flávia Rigamonti conta que chegou a ficar amiga de Queiroz e até a emprestar o carro para o operador do clã Bolsonaro, que foi preso na casa do advogado de Flávio Bolsonaro, Frederick Wassef

(Foto: reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A advogada Ana Flávia Rigamonti conviveu com Fabrício Queiroz na casa de Frederick Wassef, em que ele foi preso na quinta-feira (18) em Atibaia, no interior de São Paulo.

Em entrevista ao Jornal Nacional, Ana Flávia contou que a mulher de Queiroz, Márcia de Oliveira Aguiar, que está foragida, passava temporadas na casa. "Ela ficava um pouco, e vinha e voltava", afirmou. Ao ser perguntada se ela chegava a ficar um mês com Queiroz no local, a advogada respondeu que sim.

Segundo ela, Queiroz passou a viver na casa depois que ela já estava trabalhando no local. "Eu não lembro direito o mês, mas foi depois disso, depois de maio", disse. Sobre Queiroz, ela disse que "nunca trabalhou" para ele e que" não tem nada a ver com o caso". 

Ana Flávia Rigamonti contou também que chegou a emprestar o carro para Queiroz. "Acabei conhecendo o Queiroz ali e a gente, querendo ou não, criou um vínculo de amizade, assim, né, porque, tinha momentos em que eu estava na casa e outros em que eu não estava. Então, acabei conhecendo ele e a esposa dele", afirmou. 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247