Mulher é presa após dizer 'vou ferrar esse preto' a policial militar em BH

De acordo com a PM, enquanto os militares atendiam a ocorrência aparentemente simples, uma mulher, que inicialmente não tinha envolvimento com a confusão, ficou provocando os envolvidos. O militar teria pedido para que ela se afastasse e ficasse em silêncio

PM é alvo de racismo
PM é alvo de racismo
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Uma mulher de 24 anos foi presa após disparar ataques racistas a um cabo da Polícia Militar (PM), na madrugada deste sábado (6), em Ibirité, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. A reportagem é do portal G1. 

A corporação foi chamada por causa de uma briga de família no bairro Novo Horizonte. A discussão entre tia e sobrinho por causa de música alta terminou com um som quebrado.

De acordo com a PM, enquanto os militares atendiam a ocorrência aparentemente simples, uma mulher, que inicialmente não tinha envolvimento com a confusão, ficou provocando os envolvidos. O militar teria pedido para que ela se afastasse e ficasse em silêncio.Segundo o registro do boletim de ocorrência, depois disso, a mulher ficou agressiva, começou a gritar palavras pejorativas e disse: “Eu quero o nome desse policial, eu vou levar ele na corregedoria, eu vou ferrar esse preto”.

"O respeito tem que haver para com todas as pessoas, independentemente de cor, orientação sexual", disse o cabo José Lafaiete.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email