Museu do Amanhã mostra mapa de abalos sísmicos em tempo real no País

s pessoas que forem visitar o Museu do Amanhã, na região portuária do Rio, poderão conhecer, em tempo real, o mapa dos abalos sísmicos ocorridos no país, a partir de dados da Rede Sismográfica Brasileira; isso graças a acordo de cooperação técnica e científica firmado entre o Observatório Nacional e o Instituto de Desenvolvimento e Gestão, organização cultural que administra o museu; as informações da rede sismográfica são exibidas em uma janela com os eventos sísmicos visando compor um mosaico de Terra em Movimento no espaço Observatório do Amanhã

Rio de Janeiro - Para celebrar a inauguração do Museu do Amanhã, na Praça Mauá, aberto pela primeira vez ao público neste fim de semana, a Prefeitura do Rio realiza o Viradão do Amanhã (Tomaz Silva/Agência Brasil)
Rio de Janeiro - Para celebrar a inauguração do Museu do Amanhã, na Praça Mauá, aberto pela primeira vez ao público neste fim de semana, a Prefeitura do Rio realiza o Viradão do Amanhã (Tomaz Silva/Agência Brasil) (Foto: Leonardo Lucena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Alana Gandra - Repórter da Agência Brasil

As pessoas que forem visitar o Museu do Amanhã, na região portuária do Rio, poderão conhecer, em tempo real, o mapa dos abalos sísmicos ocorridos no país, a partir de dados da Rede Sismográfica Brasileira. Isso graças a acordo de cooperação técnica e científica firmado entre o Observatório Nacional e o Instituto de Desenvolvimento e Gestão, organização cultural que administra o museu.

As informações da rede sismográfica são exibidas em uma janela com os eventos sísmicos visando compor um mosaico de Terra em Movimento no espaço Observatório do Amanhã. Esse espaço funciona como um radar do Museu do Amanhã. Ali, são recebidas informações de centros produtores de conhecimento em ciência, cultura e tecnologia não só do Brasil, mas de todo o mundo.

Espaço de ciências da prefeitura do Rio de Janeiro, o Museu do Amanhã está aberto de terça-feira a domingo, no horário das 10h às 18h. A partir do dia 2 de janeiro, o funcionamento será das 12h às 19h. O horário especial vai até o dia 21 de fevereiro de 2016.

A entrada inteira tem custo de R$ 10, mas pessoas com idade até 21 anos, estudantes de escolas e universidades particulares, pessoas com deficiências, servidores públicos do município do Rio de Janeiro, moradores da cidade e clientes Santander pagam meia-entrada, isto é, R$ 5. Há gratuidade para alunos e professores da rede pública de ensino, crianças até 5 anos e maiores de 60 anos, funcionários de museus, guias de turismo e vizinhos do Museu do Amanhã.

Às terças-feiras, a entrada é gratuita para todos os visitantes.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247