Na Alerj, impeachment de Pezão começa a ser montado

O escândalo dos conselheiros do TCE do Rio de Janeiro foi o ponto final na relação entre a Assembleia Legislativa do Estado e o governador Luiz Fernando Pezão; reportagem no site jornal Extra mostra que nos corredores da Alerj já se fala na montagem do processo de impeachment do governador; objetivo é uma montar uma base sólida, que consiga os votos necessários para afastar Pezão e entregar o governo para o vice, Francisco Dornelles (PP)

pezao
pezao (Foto: José Barbacena)

247 - O escândalo dos conselheiros do TCE do Rio de Janeiro foi o ponto final na relação entre a Assembleia Legislativa do Estado e o governador Luiz Fernando Pezão. Reportagem no site jornal Extra mostra que nos corredores da Alerj já se fala na montagem do processo de impeachment do governador.

O objetivo é uma montar uma base sólida, que consiga os votos necessários para afastar Pezão e entregar o governo para o vice, Francisco Dornelles (PP).

Em delação premiada, o ex-presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE) Jonas Lopes de Carvalho e seu filho, o advogado Jonas Lopes de Carvalho Neto afirmaram que R$ 900 mil provenientes de propina foram usados para pagar despesas do governador.

Pezão nega as acusações e disse que vai processar Carvalho Neto.

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247