"Não vamos perder a Fómula 1", diz Doria

Após Bolsonaro praticamente garantir o GP de Fómula 1 no Rio de Janeiro, o governador de São Paulo se reuniu com Covas e executivos da F-1 e afirmou que a cidade continuará a sediar o evento

O governador do Estado de S„o Paulo, Jo„o Doria, participa da cerimônia de assinatura de Termo de Compromisso entre a CAIXA e o ComitÍ ParalÌmpico Brasileiro. Local: S„o Paulo/SP. Data: 19/06/2019.  Foto: Governo do Estado de São Paulo
O governador do Estado de S„o Paulo, Jo„o Doria, participa da cerimônia de assinatura de Termo de Compromisso entre a CAIXA e o ComitÍ ParalÌmpico Brasileiro. Local: S„o Paulo/SP. Data: 19/06/2019. Foto: Governo do Estado de São Paulo (Foto: Governo do Estado de São Paulo)

247 - O governador de São Paulo, João Doria, se reuniu hoje, juntamente com o prefeito da cidade de São Paulo, Bruno Covas, com executivos da Fórmula 1. Dória demonstrou confiança de que a cidade continuará a sediar o Grande Prêmio do Brasil a partir de 2021, mesmo depois do presidente Bolsonaro praticamente ter garantido o evento no Rio de Janeiro.

“Sou um eterno otimista: não vamos perder a Fórmula 1. Sem nenhuma arrogância. Estou apenas pensando na experiência de São Paulo, dos seus promotores. Temos um autódromo seguro, preparado. E uma visão inovadora dos novos proprietários da F-1”, disse Doria.

Doria também tentou evitar atritos com Bolsonaro. “A nossa ação não significa, de forma alguma, desrespeito ou um desafio ao presidente da República. Nem desmerecer o Rio. Mas é meu dever, como governador, defender o estado de São Paulo e os brasileiros que vivem aqui.”

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247