Nissan investe R$ 750 mi no setor automotivo do Rio

Instalada no polo automotivo do Estado do Rio de Janeiro, a Nissan Motor Company se prepara para investir cifras milionária na fábrica de Resende, no Médio Paraíba, onde será construído o Nissan Kicks, o novo modelo crossover da companhia que será vendido globalmente e terá o Rio de Janeiro como polo exportador para a América Latina; a multinacional pretende gerar 600 novos empregos

Instalada no polo automotivo do Estado do Rio de Janeiro, a Nissan Motor Company se prepara para investir cifras milionária na fábrica de Resende, no Médio Paraíba, onde será construído o Nissan Kicks, o novo modelo crossover da companhia que será vendido globalmente e terá o Rio de Janeiro como polo exportador para a América Latina; a multinacional pretende gerar 600 novos empregos
Instalada no polo automotivo do Estado do Rio de Janeiro, a Nissan Motor Company se prepara para investir cifras milionária na fábrica de Resende, no Médio Paraíba, onde será construído o Nissan Kicks, o novo modelo crossover da companhia que será vendido globalmente e terá o Rio de Janeiro como polo exportador para a América Latina; a multinacional pretende gerar 600 novos empregos (Foto: Leonardo Lucena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Rio 247 - Instalada no polo automotivo do Estado do Rio de Janeiro, a Nissan Motor Company se prepara para investir R$ 750 milhões na fábrica de Resende, no Médio Paraíba, onde será construído o Nissan Kicks, o novo modelo crossover da companhia que será vendido globalmente e terá o Rio de Janeiro como polo exportador para a América Latina. A multinacional pretende gerar 600 novos empregos.

De acordo com o secretário de Desenvolvimento Econômico, Energia, Indústria e Serviços, Marcos Capute, "o estado tem um dos maiores mercados consumidores nacionais, além de infraestrutura portuária e rodoviária, proximidade de São Paulo e Minas Gerais e mão de obra qualificada". "Essas características fazem o Rio de Janeiro ser atrativo para a instalação de indústrias automotivas", afirmou.

O presidente da Nissan do Brasil, François Dossa, explicou porque a empresa escolheu o polo automotivo fluminense para produzir e exportar os carros da marca para a América Latina nos próximos anos.

"Instalamos a fábrica no segundo polo industrial do Brasil, uma região que está virando referência para o setor nacional. Resende tem infraestrutura já disponível para a instalação de indústrias, excelente localização entre os maiores polos econômicos do País e capital humano de qualidade", afirmou Dossa.

Desde abril de 2014, a Nissan já produz os modelos compactos March e Versa. 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247