Nível de rios deixa cidades fluminenses em alerta

Segundo o Inea, os municípios de Santo Antônio de Pádua e Campos dos Goytacazes estão com seus rios (Pomba e Paraíba do Sul, respectivamente) em estado de atenção, por causa da previsão de chuva moderada para os próximo dias; em Bom Jesus do Itabapoana, entretanto, o Rio Itabapoana está em alerta máximo, devido à possibilidade de chuva forte prevista para a região

Segundo o Inea, os municípios de Santo Antônio de Pádua e Campos dos Goytacazes estão com seus rios (Pomba e Paraíba do Sul, respectivamente) em estado de atenção, por causa da previsão de chuva moderada para os próximo dias; em Bom Jesus do Itabapoana, entretanto, o Rio Itabapoana está em alerta máximo, devido à possibilidade de chuva forte prevista para a região
Segundo o Inea, os municípios de Santo Antônio de Pádua e Campos dos Goytacazes estão com seus rios (Pomba e Paraíba do Sul, respectivamente) em estado de atenção, por causa da previsão de chuva moderada para os próximo dias; em Bom Jesus do Itabapoana, entretanto, o Rio Itabapoana está em alerta máximo, devido à possibilidade de chuva forte prevista para a região (Foto: Leonardo Lucena)

Da Agência Brasil

Rio de Janeiro – Os municípios de Santo Antônio de Pádua e Campos dos Goytacazes estão com seus rios (Pomba e Paraíba do Sul, respectivamente) em estado de atenção, por causa da previsão de chuva moderada para os próximo dias. Em Bom Jesus do Itabapoana, entretanto, o Rio Itabapoana está em alerta máximo, devido à possibilidade de chuva forte prevista para a região. A informação foi divulgada pelo Sistema de Alerta de Cheias do Instituto Estadual do Ambiente (Inea).

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) informou, porém, que não há previsão de chuva nos próximos quatro dias para as regiões norte e noroeste onde se situam esses municípios. O Inmet indica possibilidade de chuva no período apenas para a região serrana do estado.

Em Santo Antônio de Pádua e em Campos dos Goytacazes, não há famílias desabrigadas ou desalojadas, informou a Defesa Civil. Os rios Pomba e Paraíba do Sul não chegaram ao nível de transbordo. O Paraíba do Sul, porém, passou de 8 metros (m) e se aproxima da cota máxima, 10m.

O rio que acumulou mais chuva em todo o estado nas últimas 24 horas foi o Muriaé, em Itaperuna, com 28 milímetros. Segundo a Defesa Civil do município, o rio sofreu apenas um princípio de transbordamento, ultrapassando somente 9 centímetros (cm) da cota de transbordo (4m20cm). Não há famílias desabrigadas, mas sete estão desalojadas e foram levadas para casase de parentes, desde as chuvas do último dia 3.

O Instituto Nacional de Meteorologia informou que a temperatura tende a aumentar gradativamente no estado até segunda-feira (30), oscilando na região noroeste entre a mínima de 22 e a máxima de 34 graus. Há previsão de chuva somente na tarde de amanhã (27) na região serrana do estado do Rio.

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247