Paraná Pesquisas: a maioria dos eleitores mineiros reprova o governo Bolsonaro

De acordo com o levantamento, mais de 52% da população de Minas Gerais desaprovam a administração de Jair Bolsonaro

www.brasil247.com - Ato Fora Bolsonaro
Ato Fora Bolsonaro (Foto: Oliven Rai/Mídia Ninja)


247 - O instituto Paraná Pesquisas informou, neste sábado (14), que 52,4% dos eleitores de Minas Gerais afirmaram que desaprovam o governo de Jair Bolsonaro (PL). De acordo com o levantamento, 42,2% disseram aprovar a gestão. 

Os que não souberam ou não responderam somaram 5,4% dos entrevistados.

Os números mostraram que a avaliação negativa de Bolsonaro é maior entre as mulheres (59,9%) e entre os mais jovens (57,1%).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O governo tem maior desaprovação entre as pessoas que têm apenas o ensino fundamental (56,4%) e entre os moradores da Mesorregião Metropolitana de Belo Horizonte (56,6%).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A pesquisa também mostrou que, entre os eleitores mineiros, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) lidera com mais de 41% dos votos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Foram entrevistados 1.680 eleitores, de forma presencial, entre os dias 8 e 13 de maio, em 78 cidades mineiras. 

A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR – 09255/2022, com uma margem de erro de aproximadamente 2,4 pontos percentuais para mais ou para menos. O  nível de confiança é de 95%.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email