Partido Novo suspende temporariamente Filipe Sabará e paralisa campanha à Prefeitura de SP

O conselho de ética do Partido Novo decidiu suspender temporariamente os direitos de filiação de Filipe Sabará, candidato da sigla à Prefeitura de São Paulo. O partido afirmou ter recebido denúncias que deram origem a processos disciplinares contra ele

Filipe Sabará
Filipe Sabará (Foto: Reprodução/Facebook)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O conselho de ética do Partido Novo decidiu, nesta quarta-feira (23), suspender temporariamente os direitos de filiação de Filipe Sabará, candidato da sigla à Prefeitura de São Paulo. O partido afirmou ter recebido denúncias que deram origem a processos disciplinares contra Sabará, mas não deixou claro quais são as acusações.

De acordo com a coluna Painel, Sabará retificou sua declaração de bens à Justiça Eleitoral - passando de R$ 15 mil para R$ 5 milhões.

O candidato é herdeiro do Grupo Sabará, gigante da indústria química voltada à fabricação de cosméticos, com faturamento superior a R$ 200 milhões em cada um dos últimos anos.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247