Pedro Paulo promete 100% das crianças em tempo integral de 7 horas

O candidato a prefeito do Rio Pedro Paulo (PMDB) afirmou que, se for eleito, colocará todas as crianças da capital em escolas em tempo integral, de sete horas; "Avançamos, chegamos a 35%, que já está hoje em horário integral. Eu quero ser reconhecido como o prefeito que colocou todas as crianças no horário integral", disse; segundo o candidato, o horário integral são sete horas dentro da classe; "Por que não nove horas? Não faz sentido sair de um turno de quatro horas e meia direto para um de nove horas", disse

O candidato a prefeito do Rio Pedro Paulo (PMDB) afirmou que, se for eleito, colocará todas as crianças da capital em escolas em tempo integral, de sete horas; "Avançamos, chegamos a 35%, que já está hoje em horário integral. Eu quero ser reconhecido como o prefeito que colocou todas as crianças no horário integral", disse; segundo o candidato, o horário integral são sete horas dentro da classe; "Por que não nove horas? Não faz sentido sair de um turno de quatro horas e meia direto para um de nove horas", disse
O candidato a prefeito do Rio Pedro Paulo (PMDB) afirmou que, se for eleito, colocará todas as crianças da capital em escolas em tempo integral, de sete horas; "Avançamos, chegamos a 35%, que já está hoje em horário integral. Eu quero ser reconhecido como o prefeito que colocou todas as crianças no horário integral", disse; segundo o candidato, o horário integral são sete horas dentro da classe; "Por que não nove horas? Não faz sentido sair de um turno de quatro horas e meia direto para um de nove horas", disse (Foto: Leonardo Lucena)

Rio 247 - O candidato a prefeito do Rio Pedro Paulo (PMDB) afirmou que, se for eleito, colocará todas as crianças da capital em escolas em tempo integral, de sete horas. "Avançamos, chegamos a 35%, que já está hoje em horário integral. Eu quero ser reconhecido como o prefeito que colocou todas as crianças no horário integral", disse.

Segundo o candidato, o horário integral são sete horas dentro da classe. “Por que não nove horas? Não faz sentido sair de um turno de quatro horas e meia direto para um de nove horas”, disse. 
 
Ele prometeu construir mais clínicas da família. “Meu programa de governo fala de 40 clínicas”. Segundo o candidato, também haverá contratação de mais mil médicos. 

Questionado sobre a Guarda Municipal, o peemedebista afirmou que serão convocados os aprovados em concurso. “Vou incorporar o componente segurança urbana [à Guarda]”, disse. “Vamos atuar nas áreas de maior risco. Uma área é a Central do Brasil”, complementou. A entrevista foi concedida ao G1.

Ao comentar sobre mobilidade, ele disse que a “racionalização” do transporte na cidade passa pelo investimento em meios de transporte como o BRT e VLT.
 
Sobre o Uber, o candidato afirmou que não acredita no carro. “Não estou contente com a qualidade do táxi, mas é possível aliar gestão e tecnologia para melhorar o táxi”, acrescentou.

 

 

Conheça a TV 247

Mais de Sudeste

Ao vivo na TV 247 Youtube 247