Perícia diz que Bunitinho e demais vítimas mortas pela PM do Rio não portavam armas

Perícia afirma que não foram encontradas armas no interior do veículo em que o comediante Diego Bunitinho e outras duas pessoas foram mortas, Policiais do Bope envolvidos na operação que resultou na morte das vítimas também não apresentaram armas apreendidas, procedimento padrão para objetos encontrados em cenas de crimes

Siga o Brasil 247 no Google News

247 - A perícia realizada no carro onde o comediante Diego “Bunitinho” e mais duas pessoas foram mortas a tiros por policiais militares após saírem de uma festa no Morro do Dendê, no Rio de Janeiro, concluir que nenhuma das três vítimas estava armada no momento da ocorrência. Uma outra pessoa, que estava em uma moto, também foi baleada e morta na mesma ação policial. 

Segundo os peritos, não foram encontradas armas no interior do veículo e os policiais militares do Batalhão de Operações Especiais (Bope) envolvidos na operação que resultou na morte das vítimas não apresentaram armas apreendidas, procedimento padrão para objetos encontrados em cenas de crimes. 

Bunitinho e as demais vítimas foram alvejadas em uma rua da Ilha do Governador, Zna Norte do Rio, após saírem de uma festa no Morro do Dendê. A festa, supostamente, seria em comemoração ao aniversário do chefe do tráfico no local, Marco Vinícius dos Santos, conhecido como Chapola. 

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email