Pesquisa Ipespe mostra Bolsonaro no fundo do poço em São Paulo

Pesquisa do Ipesp divulgada no jornal Valor Econômico desta quinta-feira indica que Bolsonaro está estacionado com uma rejeição altíssima em São Paulo, desde meados de setembro: 47% consideram seu governo ruim ou péssimo

Jair Bolsonaro
Jair Bolsonaro (Foto: REUTERS/Adriano Machado)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - São Paulo não quer saber de Bolsonaro. Pesquisa do Ipesp divulgada nesta quinta-feira pelo jornal Valor Econômico indica que Jair Bolsonaro encontra-se estacionado numa rejeição altíssima: 47% dos ouvidos consideram seu governo ruim ou péssimo. Os que consideram seu governo bom ou ótimo somam 27% e a indicação de regular é adotada por 24%. Todos os indicadores são estáveis desde há um mês, desde a rodada de 28-29 de setembro.

 A capital de São Paulo, que foi decisiva para a eleição de Bolsonaro em 2018 (ele teve mais de 60% dos votos no segundo turno), parece estar se tornando uma pedra no sapato bolsonarista. Como lembrou o sociólogo Marcos Coimbra em conversa com o 247, “é bom não esquecer que o desgaste em São Paulo foi um grande problema para o PT”, e pode se tornar um problema sem tamanho para Bolsonaro. 

A candidatura bolsonarista na capital paulista, a do deputado Celso Russomano, dos Republicanos, está derretendo, depois que ele declarou-se como candidato oficial de Bolsonaro. Ele cai sem parar e na última semana despencou 5 pontos percentuais, chegando a 22%, tecnicamente empatado com Boulos e começando a ficar longe de Bruno Covas - leia aqui.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247