Pezão desiste de elevar contribuição previdenciária

Projeto de lei proposto pelo governador do Rio de Janeiro previa elevar os descontos da previdência até 30% dos salários dos servidores públicos da ativa e aposentados; o presidente da Assembleia, deputado Jorge Picciani (PMDB), já havia anunciado que devolveria a proposta ao Estado; Pezão teria dito que voltou atrás para "não trazer mais instabilidade", segundo comentarista do RJTV, e que está ouvindo deputados para encontrar outras soluções

Rio de Janeiro, 04-11-2016.Governador Luiz Fernando Pezão e o vice governador Francisco Dornelles anunciam pacote de austeridade para enfrentar a crise. Foto: Carlos Magno
Rio de Janeiro, 04-11-2016.Governador Luiz Fernando Pezão e o vice governador Francisco Dornelles anunciam pacote de austeridade para enfrentar a crise. Foto: Carlos Magno (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Rio 247 - O governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão (PMDB), desistiu de apresentar o projeto de lei que previa elevar os descontos da previdência até 30% dos salários dos servidores públicos da ativa e aposentados.

Pezão teria dito que voltou atrás para "não trazer mais instabilidade", segundo disse nesta terça-feira 15 o comentarista do RJTV, da TV Globo, Edmilson Ávila. Segundo ele, o governador está ouvindo deputados para encontrar outras soluções.

O presidente da Assembleia, deputado Jorge Picciani (PMDB), já havia anunciado que devolveria a proposta ao Estado, depois de protestos de servidores que invadiram a Casa no Rio de Janeiro.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247