Pezão diz que Temer é 'muito subutilizado'

O governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão (PMDB), defendeu nesta segunda-feira, 9, que o vice-presidente Michel Temer (PMDB) tenha participação mais efetiva nas decisões do governo da presidente Dilma Rousseff; "O vice-presidente Michel Temer sempre foi muito subutilizado", afirmou Pezão. "É uma pessoa que tem muito trânsito no Congresso Nacional, muito respeitado e que tem relevantes serviços prestados ao país. Muito importante utiliza-lo", completou; Pezão também declarou apoio às medidas de ajuste fiscal propostas pelo governo

O governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão (PMDB), defendeu nesta segunda-feira, 9, que o vice-presidente Michel Temer (PMDB) tenha participação mais efetiva nas decisões do governo da presidente Dilma Rousseff; "O vice-presidente Michel Temer sempre foi muito subutilizado", afirmou Pezão. "É uma pessoa que tem muito trânsito no Congresso Nacional, muito respeitado e que tem relevantes serviços prestados ao país. Muito importante utiliza-lo", completou; Pezão também declarou apoio às medidas de ajuste fiscal propostas pelo governo
O governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão (PMDB), defendeu nesta segunda-feira, 9, que o vice-presidente Michel Temer (PMDB) tenha participação mais efetiva nas decisões do governo da presidente Dilma Rousseff; "O vice-presidente Michel Temer sempre foi muito subutilizado", afirmou Pezão. "É uma pessoa que tem muito trânsito no Congresso Nacional, muito respeitado e que tem relevantes serviços prestados ao país. Muito importante utiliza-lo", completou; Pezão também declarou apoio às medidas de ajuste fiscal propostas pelo governo (Foto: Aquiles Lins)

Rio 247 - O governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão (PMDB), deu nesta segunda-feira, 9, uma declaração de apoio ao vice-presidente Michel Temer, líder maior do PMDB, na relação de poder dentro do governo federal. 

"O vice-presidente Michel Temer sempre foi muito subutilizado", afirmou Pezão. "É uma pessoa que tem muito trânsito no Congresso Nacional, muito respeitado e que tem relevantes serviços prestados ao país. Muito importante utiliza-lo", completou o governador.

Pezão também defendeu a aprovação pelo Congresso das medidas de ajuste fiscal propostas pela presidente Dilma Rousseff. "O ajuste é necessário. Os Estados contribuíram no primeiro mês com ajuste fiscal. Ela está certa em fazer esse chamamento. Estamos num momento difícil, principalmente porque temos muita dependência do petróleo", disse o governador.

O peemedebista não comentou o panelaço ocorrido durante o pronunciamento da presidente. "Estava em Piraí [cidade do interior do Rio onde foi criado]. Em Piraí não teve panelaço". 

Conheça a TV 247

Mais de Sudeste

Ao vivo na TV 247 Youtube 247