Pezão ficará internado por mais 30 dias, diz governo

A nota foi divulgada pelo executivo estadual, que continua sob o comando de Francisco Dornelles; segundo a nota, o cardiologista Claudio Domenico e o oncologista Daniel Tabak decidiram pela prorrogação do afastamento do governador do Rio, Luiz Fernando Pezão; após o período de 30 dias, Pezão vai passar por nova avaliação médica; o chefe do executivo foi diagnosticado com linfoma não-Hodgkin, um tipo de câncer nas células de defesa do organismo

Rio de Janeiro- RJ- Brasil- 31/03/2016- Governador Luiz Fernando Pezão tem alta do Hospital Pró-Cardíaco em Botafogo. Foto: Shana Reis/ GERJ
Rio de Janeiro- RJ- Brasil- 31/03/2016- Governador Luiz Fernando Pezão tem alta do Hospital Pró-Cardíaco em Botafogo. Foto: Shana Reis/ GERJ (Foto: Leonardo Lucena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Rio 247 - O governador do Rio, Luiz Fernando Pezão, ficará mais 30 dias afastado para o tratamento de um câncer. A nota foi divulgada na manhã desta terça-feira (26) pelo executivo estadual, que continua sob o comando de Francisco Dornelles. Segundo a nota, o cardiologista Claudio Domenico e o oncologista Daniel Tabak decidiram pela prorrogação do afastamento. Após o período de 30 dias, Pezão vai passar por nova avaliação médica.

A licença médica do governador Luiz Fernando Pezão terminaria nesta terça-feira (26). A previsão era que ele voltasse ao trabalho na quarta-feira (27).

No dia 24 de março, o chefe do executivo foi diagnosticado com linfoma não-Hodgkin, um tipo de câncer nas células de defesa do organismo. No último dia 19, Pezão raspou a cabeça e, no dia seguinte, encerrou segundo ciclo de quimioterapia no Centro de Tratamento Oncológico, do médico Daniel Tabak.

O governador voltou a ser internado no dia 5 de abril, após ser identificada uma infecção cutânea no lugar onde foi inserido um catéter, perto do ombro, pelo qual ele começou a receber a quimioterapia para tratamento de um câncer.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247