PF faz operação contra fraudes em saques do auxílio emergencial em SP

A Polícia Federal cumpre, na manhã desta terça-feira, cinco mandados de busca e apreensão e dois de prisão preventiva, no âmbito da Operação Parasitas, contra saques indevidos do auxílio emergencial. Os crimes eram cometidos por uma associação criminosa que atuava há cerca de quatro anos contra diversos programas sociais

Polícia Federal
Polícia Federal (Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A Polícia Federal (PF) de São Paulo cumpre, na manhã desta terça-feira (8), cinco mandados de busca e apreensão e dois de prisão preventiva, no âmbito da Operação Parasitas, contra fraudes relativas a saques indevidos no auxílio emergencial. A reportagem é do portal G1.

Os mandados foram expedidos pela 7ª Vara Criminal da Justiça Federal de São Paulo. Segundo a PF, os crimes eram cometidos por uma associação criminosa que atuava há cerca de quatro anos em fraudes contra diversos programas sociais. A associação criminosa teria se apropriado de pelo menos 45 auxílios emergenciais, de acordo com a investigação, acrescenta a reportagem. 

Os investigados podem responder por furto qualificado e associação criminosa, com até 11 anos de prisão.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email