Polícia faz buscas contra suspeitos de furar fila da vacina no RJ

Agentes estão em busca de documentos que provem que jovens de 16 e 20 anos, filhos de diretor de hospital, foram vacinados

Febre Amarela: conheça sintomas, transmissão e como funciona a vacina fracionada
Febre Amarela: conheça sintomas, transmissão e como funciona a vacina fracionada (Foto: Clarice Castro)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A Polícia Civil faz uma operação para apreender documentos e provas sobre denúncias de fura-fila de vacinação no Hospital Estadual Azevedo Lima, em Niterói, região metropolitana do Rio. Segundo a corporação, as buscas são realizadas na casa de dois diretores da OS (Organização Social) Instituto Sócrates Guanaes, que administra a unidade de saúde. A reportagem é do portal R7. 

De acordo com as informações, as investigações começaram após uma denúncia do Coren/RJ (Conselho Regional de Enfermagem do Rio de Janeiro) de que dois filhos de um diretor da OS, de 16 e 20 anos, haviam se vacinado, mesmo sem fazer parte do grupo prioritário.


 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email