Presidente do STJ suspende depoimento de Witzel sobre fraude na Saúde

João Otávio de Noronha atendeu a um pedido da defesa de Witzel que os advogados tenham acesso a elementos da investigação

Wilson Witzel e João Otávio de Noronha
Wilson Witzel e João Otávio de Noronha (Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil | Pedro França/Agência Senado)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O presidente do STJ, João Otávio de Noronha, suspendeu o depoimento do governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, ao MPF nesta sexta-feira (10) relativo a um suposto esquema de fraude na Saúde do estado, segundo informações do jornalista Daniel Adjuto, da CNN.

Noronha atendeu a um pedido da defesa para que os advogados tenham acesso a elementos da investigação. A defesa alega que não tem em mãos materiais como áudios interceptados, quebras de sigilo bancário, fiscal e telemático e também o material que foi enviado pela Receita Federal à Procuradoria da República no Rio de Janeiro, como as notas fiscais prestadas em serviços investigados.

O presidente do STJ avalia como prudente o adiamento da oitiva de Witzel para prevenir nulidades no processo.

João Otávio de Noronha é o mesmo ministro que, nesta quinta-feira (9), concedeu o benefício de prisão domiciliar a Fabrício Queiroz.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email